20
Ter, Out
ptenfres


por Nancy Gonçalves Dias

Avó palavra tão pequenina                                                                                                                                                                Que expressa tanta ternura

pelo  netinho que diz:;

-Eu te amo tanto vó!

 

Ser avó é a coisa mais gostosa!
E um sonho abençoado
É amar os netinhos
Que foram seus filhos no passado .

Ser mãe é mais belo ainda !
Mas, ser avó é tudo mais !
É carinho,amor e esperança
Que aos netinhos são transmitidos.

Ser avó é um mundo maravilhoso
É um sonho abençoado
Que Deus em seu caminho impôs!

Ao lado dos netos, à avó
É alegria, amor e doçura !
Avó faz tudo ao netos amados
Que não fez aos filhos no passado

Que Deus lhe dê longa vida
A esta santa mulher
Ao lado dos filhos e netinhos
Que dá um belo exemplo familiar!


              

por Nancy Gonçalves Dias


Mamãe dizia ,quanto mais se tem
mais se quer ter !
E quanto mais se tem, mais é
prisioneiro da coisa possuída .

As vezes fico a pensar
como era gostosa a conversa
ingênua na calçada !
Lá se foi o tempo em que as pessoas
bebiam água da biquinha
e não precisavam à água economizar
Morria de paixão  ou gripe
mas não morria de raiva no trânsito

O verbo da moda é ter:
ter poder,dinheiro e carro do ano
quanto mais se tem,mais se quer ter

Lá se foi o tempo em que dinheiro
era guardado debaixo do colchão
A porta não tinha tramela
Não padecia na fila dos bancos
E não morria  de assalto ou aids

Quanto mais se tem,mais se quer ter
Mas,apesar de todo esse ter
o homem está longe
de si mesmo compreendê-lo .




                                  por Nancy Gonçalves Dias

 

Venha amor, tranquilize-se
Encoste sua cabeça em meu peito
E venha suas mágoas me contar .

Sabe amor, sou como a noite
que se espalha quietude e silêncio
Sinta como é belo o anoitecer outonal
E venha em meu peito descansar.

Sabe amor, é tempo de apreciar
um chá com um sabor sutil e refinado
Saboreia-o docemente
E sinta nele o néctar dos deuses

Venha  esqueça as agruras da vida
e venha em meu peito descansar
Aproveite a doçura de quem
saboreou os gostos de cada estação.

Prazerosamente venha
sentir a doçura e os gestos
de uma calorosa receptividade
de quem faz do tempo, um templo
para amar um verdadeiro amor.


                                    

 

                                                                      por Nancy Gonçalves Dias

Esta melancolia que doi
E destrói as alegrias que nascem
Tudo que sente,pungente
N´alma,no rosto se externasse

Se pudesse ver além dos olhos !
Quanta gente que guarda para si
Empoçadas no fundo do seu interior
As lágrimas que não saem pelos olhos

Mas também,mal não faz ser triste !
Mergulhar nos labirintos da memória
É meiga tristeza!É eterna melancolia !
É refúgio da saudade!

Mais Artigos...

Festival de Dança de Bambuí