05
Ter, Jul
ptenfres

Destaques

Grid List

Patrocinadores

Outros destaques

Grid List

Banner quadrado - Wilson  I
quadrado destaques - Maria amélia doces 18 -2
Banner Quadrado - MultElétrico i  II
Banner Quadrado  JCanastra- capa  propaganda  02  III
Banner Quadrado -  Capa Jornal IV
banner quadrado 10
Banner quadrado 13 -Solar Minas
Banner quadrado   Geovanna  15
Quadrado destaqu  22 anos Vl -
Quadrado  Outros Destaques Vlll- Marina tecidos

Ferramentas

Depois de trinta e sete anos retornei-me a João Pessoa, Paraíba , em novembro de 2021. Surpreendente, conheci outra cidade.
Sou apaixonada pelo Nordeste brasileiro, e como já visitei todas as capitais da região posso afirmar que retornar a Jampa, a terceira capital mais antiga do Brasil, foi uma grata surpresa.
O destino é um paraíso para quem busca natureza, praias, gastronomia e história. E a recepção é das melhores, pois o povo parai-bano é extremamente acolhedor!
É conhecida como "Porta do Sol", devido ao fato de, no município, estar localizada a Ponta do Seixas, que é o ponto mais oriental das Américas, o que faz a cidade ser conhecida como o lugar "onde o sol nasce primeiro, no continente americano". Durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, João Pessoa recebeu o título de "Segunda capital mais verde do mundo", ficando atrás apenas de Paris, na França.É ainda a cidade mais verde do Brasil.
A cidade ganhou a minha admiração pela segurança, pois caminhar à noite pela orla de Bessa nunca foi tão tranquilo!
Carinhosamente conhecida como Jampa , o turismo é bem estruturado e com várias opções desde museus, feiras, praias e centro histórico.
A cidade está em desenvolvimento ,como notei em Bessa e em outros bairros com várias construções .
E uma cidade bonita e organizada, e tem uma ótima estrutura de turismo!
Tem bons restaurantes e uma orla muito gostosa de passear, onde famílias fazem suas caminhadas à tardezinha.
Fiquei em João Pessoa durante vinte e três dias,por isso fiz um Roteiro bem aproveitado e curti bem as praias,e excelentes espaços culturais com mais calma.
Agora o roteiro que eu vou deixar por aqui dá pra fazer em 10 dias. Nos primeiros dias, conheci as praias e os pontos turísticos mais conhecidos de João Pessoa.
Conheci as praias urbanas de Tambaú, Cabo Branco e Bessa , que além de lindas, são limpas e bem estruturadas!
O Parque do Jacaré foi construído após a extinção da antiga estrutura de bares e restaurantes que existia na beira do rio Paraíba do Norte. A região é famosa desde 2001 quando o músico Jurandir do Sax resolveu tocar Bolero de Ravel em uma canoa, bem na hora do por do sol. A apresentação começou a ser feita diariamente e, em alguns anos, chamou a atenção da galera do turismo em João Pessoa. Religiosamente, as pessoas acompanhavam a apresentação nos inúmeros barzinhos da praia, enquanto contemplavam o sol poente atrás da vegetação do rio. Em 2015, houve obras e a estrutura dos bares se desfez, mas o turismo local não deixou morrer a tradição do sax. É possível acompanhar o sax nos barcos da restinga ou nos limites do parque do Jacaré, onde também há lojas de artesanato e moda praia.
Para quem gosta de souvenir, estes são os lugares mais estruturados para comprar artesanato local. Tem muita opção linda para turistas que querem levar uma lembrancinha da sua viagem a João Pessoa.
O Mercado De Artesanato fica em Tambaú, num edifício exclusivo. Há inúmeros stands e lojinhas disputando a atenção dos turistas.
Ali do lado tem a feira de artesanato, bem em frente à praia de Tambaú. Para comprar artesanato, eu recomendo o mercado, porque há mais oferta e os preços são melhores, na minha opinião. Já para comer, eu acho que a feirinha é o melhor lugar. Então vá ao mercado, faça suas compras e depois vá degustar excelente comida na feira!
Para fazer turismo em João Pessoa as roupas leves e confortáveis como shorts, camisetas e vestidos, sandálias, rasteiras e chinelo são as melhores.
Parque Sólon de Lucena é um dos principais pontos turísticos de João Pessoa que tem uma lagoa ao centro e muitas áreas de lazer com muitos quiosques.
O Centro Histórico possui alguns edifícios antigos com arquitetura neoclássica e monumentos que marcam a história da Paraíba e de João Pessoa.
Entre os edifícios mais interessantes estão o Casarão dos Azulejos, o Hotel Globo, o Teatro Santa Rosa e o Casarão 34.
Fomos de avião; eu e minha filha, saindo do aeroporto Internacional de Brasília e desembarcarmos no Aeroporto Internacional Presidente Castelo Pinto.
Em maio quando pretendo voltar novamente a João Pessoa quero conhecer outros pontos turísticos fora da rota convencional, que tenho certeza vai dar um gostinho mais especial na Paraíba, cidade que aprendi a admirar e gostar!