Ferramentas

Profesores Júlio e Adriana Giarola e as estudantes, Ana Flávia e Nathália , do IFMG

Apresentação do “Projeto Feira Livre de Bambuí” pelas alunas do IFMG: Ana Flávia Amaral Graduada em Engenharia de Produção IFMG - Campus Bambuí e Coordenadora Adjunta Geral no Crea Jr-MG, núcleo Bambuí e Nathália Vaz que foram orientadas pelos professores: Júlio Benfenatti e Adriana Vilamaior .
Nesta reunião que foi realizada, no dia 1º de julho de 2019, aás 18 horas, no IFMG- Campus Bambuí foram apresentadas várias propostas, bem como os resultados obtidos no ano de 2018.
Estiveram presentes o Secretário do Meio Ambiente Municipal de Bambuí: Oscar Von Bentizen, o vice-gerente da Feira, Elci Silva, as feirantes: Muriele de Oliveira, Joyci de Sousa Pio, Adriana Aparecida Pacheco Costa, o feirante José Valmei Florêncio, e Nancy Gonçalves Dias, do JCanastra.
Excelente reunião que foi dirigida pelos professores: Júlio e Adriana Giarola, cujo Projeto: “Feira Livre de Bambuí” tem como objetivo: priorizar, incentivar e alavancar os trabalhos realizados pelos feirantes.
A Feira Livre que já é uma tradição, desde o ano de 2010, acontece sempre aos sábados ,à partir das 6:00 horas às 12:00 horas. Têm 38 barracas onde os feirantes vendem produtos como: verduras, artesanatos, alimentos e outros.
“ Segundo Nathália Vaz , a fim de conhecer a organização e forma de gestão da feira foi realizado um estudo no ano anterior, que possibilitou identificar suas principais características.
Tal estudo consistiu na aplicação de questionários e entrevistas a fim de entender a visão de feirantes e consumidores acerca da organização, estrutura, ambiente e serviços ofertados na feira e, posteriormente, foram gerados gráficos para facilitar a interpretação dos au- tores. O projeto permitiu ainda conhecer o perfil do feirante e seus produtos co-mercializados, e teve papel importante na interação de consumidores e feirantes, pois deu voz a este primeiro público para que dessem sugestões para a feira. Foram observadas deficiências tanto na falta de divulgação, quanto na limpeza do ambiente e higiene dos produtos. Para que esta primeira insuficiência fosse reparada, foi criada uma página no Facebook a fim de promover a feira e suas novidades. Além disto, ao longo do projeto foram observadas carências em outros aspectos, e para entendê-las e resolvê-las foram criados um layout da feira e cartilhas com instruções para associados e novos associados da feira livre.
Para 2019, pretende-se cumprir os objetivos propostos para o projeto, que consistem em:
-Estudar estatutos e leis para conhecer a lei orgânica de Bambuí e de outras cidades de mesmo porte em que também ocorra feira livre.
-Definir o papel dos agentes envolvidos, conhecendo as responsabilidades dos feirantes e dos órgãos públicos.
-Apresentar e argumentar com os feirantes os papéis de cada agente envolvido através de reuniões.
- Buscar de apoio e divulgação a fim de chamar a comunidade para participar da feira livre
- Planejar o evento em comemoração aos 09 anos da Feira Livre de Bambuí.”

Parabéns aos professores e alunas do IFMG pelo excelente projeto apresentado!
Que ele venha contribuir para o progresso da nossa feira!
A Feira Livre de Bambuí também faz parte e é uma das prioridades do “Projeto de Ações” criado pela equipe do J Canastra para resgatar o Turismo em Bambuí!